Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Ciências Sociais - Licenciatura
Início do conteúdo da página

Descrição do Curso

Publicado: Sexta, 19 de Julho de 2019, 16h11 | Última atualização em Sexta, 12 de Mai de 2023, 11h48 | Acessos: 858

O curso de Licenciatura em Ciências Sociais tem como princípio geral a responsabilidade social dos profissionais de Ciências Sociais com a sociedade. Este compromisso é construído a partir do conhecimento, da compreensão e intervenção crítica na realidade em que irão atuar. Para tanto, é necessário que a construção deste compromisso se faça de maneira dialogada entre os sujeitos sociais e os profissionais a serem formados pelo curso. É nossa filosofia que aqui se formem profissionais aptos a atuar em diferentes realidades sociais, com domínio de métodos e técnicas de ensino e pesquisa, próprios das Ciências Sociais, assim como profissionais hábeis em interagir com profissionais de outras áreas do conhecimento, de diferentes instituições, movimentos e organizações sociais, a fim de que também possam se tornar sujeitos transformadores da realidade.

O curso de Ciências Sociais deverá trabalhar de maneira indissociável o ensino, a pesquisa e a extensão, despertando em seus discentes a consciência de que são corresponsáveis por sua formação, e de que a construção do conhecimento científico deve partir do conhecimento da realidade, de forma que se crie um compromisso com ela e nela se possa intervir. Para além da simples competência técnica, o curso deve formar profissionais éticos.

Para atender a esta filosofia, o Curso de Graduação de Licenciatura em Ciências Sociais da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará-Unifesspa adotará em sua formação os seguintes princípios:

a) Formação teórico-prática: que possibilite ao cientista social diagnosticar, compreender e intervir de maneira responsável nos problemas sociais, junto aos grupos sociais com os quais ele trabalha;

b) Articulação teoria-prática: princípio norteador da atividade socioeducativa, que pressupõe a discussão de conhecimentos articulados à prática profissional propicia a reflexão da teoria em relação à realidade pesquisada, possibilitando, desta forma, um exercício constante de revisão, crítica e reconstrução do conhecimento científico;

c) Trabalho coletivo: princípio fundamental para o desenvolvimento de ações sociais e para a construção de relações sociais dentro de uma democracia; nutrimos, no cientista social aqui formado, a consciência de que a realidade social é fruto do trabalho coletivo, não sendo o cientista social um profissional autossuficiente;

d) Trabalho interdisciplinar: a articulação dos diversos tipos de conhecimento, a partir da apropriação das racionalidades que os formam, percebendo as diferentes visões de mundo existentes e as diferentes concepções de construção do conhecimento, para que se possa estabelecer diálogo que se reflita em sua prática profissional;

e) Pesquisa como princípio socioeducativo: o profissional a ser formado deverá compreender a pesquisa enquanto mediadora do “desencantamento, da revelação e reconstrução” do mundo social, norteadora da constituição de ações de intervenção que materializem suas práxis enquanto professores de Ciências Sociais;

f) Extensão como produção de novos conhecimentos: o conhecimento da realidade em que está inserido e a relação dela com o contexto global é de fundamental importância para a atuação do cientista social, que deverá conceber a extensão como via de mão dupla para a construção do conhecimento científico, devendo ser realizada de maneira dialogada com os diferentes sujeitos nele envolvidos. O conhecimento produzido na academia deverá partir da realidade e a ela retornar, enfatizando o compromisso do cientista social com a sociedade;

g) Relações com o mundo do trabalho como princípio educativo: A reflexão crítica sobre a organização do mundo contemporâneo a partir do conceito de trabalho como elemento síntese da teoria-prática social que se efetiva na busca por modificações dos aspectos degradantes das condições sociais e econômicas de vida, e, a formação profissional com preocupações voltadas para que os profissionais liberais de Ciências Sociais atuem criticamente em suas atividades na perspectiva de obtenção de uma vida melhor para as pessoas em sociedade.

 

CARACTERÍSTICAS GERAIS DO CURSO

Nome do Curso

Licenciatura em Ciências Sociais

Local de Oferta

Instituto de Ciências Humanas / Faculdade de Ciências

Sociais do Araguaia-Tocantins

Endereço de Funcionamento

Unifesspa/Campus Universitário de Marabá/PA-ICH/Instituto de Ciências Humanas-FACSAT (Faculdade de Ciências Socais do Araguaia-Tocantins). Folha 31, Quadra 07, Lote Especial-S/N. Bairro: Nova Marabá- Marabá/PA-CEP 68.501-

970

Forma de Ingresso

Processo Seletivo aprovado pelo CONSEPE

Número de Vagas

20 vagas

Turno de Funcionamento

Matutino, Vespertino e Noturno

Modalidade de Oferta

Presencial

Título Conferido

Licenciado em Ciências Sociais

Duração Mínima

4 anos e meio

Duração Máxima

7 anos

Carga Horária Total

3.500 horas

Período Letivo

Extensivo, nos segundo e quarto períodos, de acordo com a organização do Regulamento de Ensino de Graduação da Unifesspa (Resolução n. 008 de 20 de maio de 2014).

Intensivo em oferta de turmas por convênio e/ou contrato.

Regime Acadêmico

Seriado Semestral, sendo realizado a cada período letivo, como regulamenta a Resolução n. 008 de 20/5/2014 da

Unifesspa

Formas de Oferta das Atividades*

Paralela

Ato de Criação

Resolução 2.243 de 03 de abril de 1995

Ato de Autorização do Curso

Portaria nº 180 de 08 de maio de 2013

registrado em:
Fim do conteúdo da página